Skip to content

BIOGRAFIAS DOS PAPAS

January 18, 2009

LEAO I (440-461 )

DISSE QUE RESISITIR A SUA AUTORIDADE ERA IR DIRETO PARA O INFERNO, DEFENDEU A PENA DE MORTE PARA OS HEREGES.

LEÃO II ( 682-683)

DECLAROU QUE O EX-PAPA HONÓRIO (625-638) ERA HERÉTICO ( É ESTRANHO QUE UM “INFALÍVEL” DIGA QUE OUTRO “INFALÍVEL” SEJA FALÍVEL E HERÉTICO )

NICOLAU I ( 857 A 867)

FEZ USO DE UM LIVRO QUE APARECEU EM 857 CONHECIDO COM “PSEUDO DECRETAIS DE ISIDORO”, FORAM INVENÇÕES E CORRUPÇÕES PREMEDITADAS DE ANTIGOS DOCUMENTOS HISTÓRICOS QUE SÓ FORAM DESCOBERTOS ALGUNS SÉCULOS DEPOIS.

NICOLAU MENTIU SACARTISCAMENTE DIZNEDO QUE AQUILO TINHA SIDO ARQUIVADO HÁ MUITO TEMPO NOS ARQUIVOS DA IGREJA.

NESTE DOCUMENTO ESTAVA INCLUIDO A ” DOAÇÃO DE CONSTANTINO”, PELA QUAL SE DAVA AO BISPO DE ROMA AS PROVINCIAS OCIDENTAIS COM TODAS AS INSÍGNIAS IMPERIAIS.

FOI A FRAUDE LITERÁRIA MAIS COLOSSAL DA HISTÓRIA.

VEJA O QUE DIZ A WIKIPÉDIA SOBRE A DOAÇÃO DE CONSTANTINO:

“Ícone de Constantino I e Silvestre I, supostamente uma descrição da Doação.A Doação de Constantino (Constitutum Donatio Constantini ou Constitutum domini Constantini imperatoris, em latim) é um documento forjado, apresentado na Idade Média como um édito imperial romano.

Preparado provavelmente entre 750 e 850, este documento registra um ato pelo qual o Imperador Constantino I teria doado ao Papa Silvestre e seus sucessores a primazia sobre a Igreja do Oriente e o imperium (poder imperial) sobre o Império Romano do Ocidente.

O propósito desta falsidade documental foi, seguramente, a defesa dos interesses papais, possivelmente contra as reivindicações do Império Bizantino ou do Rei franco Carlos Magno, quem havia assumido a antiga dignidade imperial no Ocidente e com esta o título de “Imperador dos Romanos”. A Doação foi utilizada pelo Papado durante a Idade Média para ampliar o seu território na península Itálica e fortalecer o poder secular do pontífice. Apesar de geralmente aceito naquele período histórico, o Imperador Otão III denunciou o documento como uma falsificação. O poeta Dante Alighieri menciona-o na Divina Comédia como sendo a raiz da mundanidade papal.

Em meados do século XV, a própria Igreja se deu conta de que o documento não poderia ser legítimo. Ao analisar a sua linguagem em 1440, o humanista italiano Lorenzo Valla provou que a Doação era falsa, demonstrando que, embora algumas fórmulas da época imperial fossem empregadas no texto, parte do latim utilizado não poderia ter sido escrito no século IV. Adicionalmente, a data mencionada na Doação é incoerente, pois se refere tanto ao IV consulado de Constantino (315) quanto ao consulado de Galicano (317).

Estudos mais recentes demonstraram que outros elementos, como a alegada cura da lepra de Constantino por Silvestre, mencionada no texto, são lendas posteriores”

SERGIO I ( 904-911)

TINHA UMA AMANTE, MARÓZIA, ELA PÔS NA CADEIRA PAPAL SEUS AMANTES E FILHOS BASTARDOS, TRANSFORMANDO O PALÁCIO PONTIFÍCIO NUMA COVA DE SALTEADORES.. ESTE PERÍODO DA HISTÓRIA É CONHECIDO COMO PORNOCRACIA OU DOMÍNIO DAS MERETRIZES, ESTA FASE FOI DE 904 Á 963.

ANASTÁCIO III, LANDO, JOÃO X (911 – 928)

FORAM ORDENADOS PAPAS PELA PROSTITUTA TEODORA, MÃE DE MARÓZIA QUE ASSIM ACHOU CONVENIENTE PARA MAIOR PRAZER DE SUAS PAIXÕES

JOÃO XII ( 953 – 963)

NETO DE MARÓZIA, FOI RÉU DE QUASE TODOS OS CRIMES, FEZ VERDADEIRAMENTE DO PALÁCIO UM BORDEL, ESTUPROU VIRGENS, VIÚVAS E CASADAS DE TODAS AS CAMADAS SOCIAIS. FOI MORTO NUM ATO DE ADULTÉRIO PELO PRÓPRIO MARIDO ENFURECIDO.

LEÃO VIII (963 – 965)

O BISPO DE ORLEANS REFERINDO-SE A ESTE E MAIS OUTROS DOIS PAPAS, DISSE: “esses monstros de crime, cheirando a sangue e imundícias. O anti-Cristo assentado no trono de Deus.”

BONIFÁCIO VII ( 984 – 985)

ASSASSINOU O PAPA JOÃO XIV E SUBIU AO TRONO VIVENDO AS CUSTAS DE UMA FORTUNA ROUBADA.

BENEDITO VIII ( 984 – 985)

POR MEIO DO SUBORNO COMPROU O OFÍCIO DE PAPA.

JOÃO XIX (1024 – 1032)

ERA LEIGO E RECEBEU NUM SÓ DIA, TODAS AS ORDENS DO CLERO (OBVIAMENTE QUE PAGOU CARO PELO CRGO DE PAPA)

BENEDITO IX ( 1034-1044/1047/1048)

ESTE PAPA ERA UM VERDADEIRO “espírito maligno” NA HISTÓRIA FICOU CONHECIDO COMO O PAPA MAIS NOVO ( FOI ORDENADO COM 12 ANOS), SUBIU TRÊS VEZES AO TRONO, MAS SEMPRE ERA DEPOSTO. SEGUNDO OS COMENTARISTAS:”Ultrapassou João XII em iniqüidade, cometeu assassinatos e adultérios à luz clara do dia, roubou peregrinos sobre os túmulos dos mártires, criminoso hediondo.” O POVO EXPULSOU-O DE ROMA.

GREGÓRIO VI (1045 – 1046)

COMPROU O PONTIFICADO, MAS VIVIA EM LUTA CONSTANTE CONTRA OUTROS DOIS PAPAS ( BENEDITO IX E SILVESTRE II). OS HISTORIADORES DIZEM QUE NAQUELA ÉPOCA ENXAMEAVAM OS ASSASSINATOS ASSALARIADOS; VIOLAVA-SE A VIRTUDE DOS PEREGRINOS; ATÉ OS TEMPLOS ERAM PROFANADOS COM DERRAMAMENTO DE SANGUE.

CLEMENTE II ( 1046- 1047)

O BACANAL, O SEXO, OS CRIMES, A ORGIA NO CLÉRIGO ROMANO ESTAVA TÃO INSUPORTAVEL, QUE HOUVE UMA INTERVENÇÃO DO IMPERADOR ALEMÃO HENRIQUE II QUE DESIGNOU SUIDGER (LORDE DE MORSLEBEN E HORNBURG) SOB O TÍTUILO DE CLEMENTE II A FIM DE REALIZAR UMA REFORMA MORAL.

ADRIANO IV ( 1154 – 1159)

O ÚNICO PAPA DE ORIGEM INGLESA, AUTORIZOU O REI DA INGLATERRA A APOSSAR-SE DA IRLANDA.

ALEXANDRE III ( 1159 – 1181 )

ENTROU EM CONFLITO COM 4 OUTROS QUE QUERIAM SER PAPAS, DECLAROU GUERRA CONTRA A ALEMANHA SÓ FAZENDO O TRATADO DE PAZ DE VENEZA EM 1177 APÓS MUITA CHACINA. O PROPRIO POVO ACABOU EXPULSANDO-O DE ROMA,. MORRENDO NO EXÍLIO, COMO ACONTECEU COM MUITOS OUTROS PAPAS.

INOCÊNCIO III ( 1196 – 1216 )

LEVOU A IGREJA A SOBREPOR-SE AO ESTADO. OS REIS DA ALEMANHA, FRANÇA, INGLATERRA E OS DEMAIS MONARCAS DA EUROPA FAZIAM A SUA VONTADE ATÉ O IMPÉRIO BIZANTINO FOI ELE DOMINADO.

NUNCA NA HISTÓRIA DO CRISTIANISMO ALGUÉM EXERCEU AUTORIDADE COM ELE. ELE AINDA ORDENOU O EXTERMINIU DOS HEREGES PELA INQUISIÇÃO QUE TAMBÉM ERA DENOMINADA “SANTO OFÍCIO”. ESTA FOI UMA DAS ÉPOCAS EM QUE FOI DERRAMADO MAIS SANGUE.

UMA VEZ QUE O INQUISIDOR PRONUNCIAVA A SENTENÇA, AVITIMA ERA ENCARCERADA OU QUEIMADA E OS SEUS BENS CONFISCADOS E DIVIDIDOS ENTRE A IGREJA CATÓLICA E O ESTADO. A INQUISIÇÃO É O FATO MAIS ÍNFAME DA HISTÓRIA E FOI JUSTAMENTE INVENTADA PELOS PAPAS E USADA POR ELES DURANTE 500 ANOS PARA SE MANTEREM NO PODER.

HONÓRIO III – GREGÓRIO IX – CELESTINO IV – INOCÊNCIO IV ( 1216-1254)

ESTES 4 PAPAS AUTORIZARAM A TORTURA PARA ARRANCAR CONFISSÕES DOS SUSPEITOS DE HERESIA.

BONIFÁCIO VIII ( 1294 – 1303)

QUANDO O POETA DANTE VISITOU TOMA NO PONTIFICADO DESTE PAPA, VIU-O TÃO CORRUPTO QUE CHAMOU-O “semeador de corrupções”. NA SUA PEÇA INTITULADA DIVINA COMÉDIA PÔS-LO JUNTO COM O PAPA NICOLAU III E CLEMENTE V NAS PARTES MAIS BAIXA DO INFERNO.

CELESTINO V ( 1294)

ESTE PAPA RENUNCIOU , ACHANDO-SE INCAPAZ PARA O PONTIFICADO.

JOÃO XII ( 1334 À GREGÓRIO XI 1378 )

A AVAREZA DOS PAPAS FORAM EXTREMAS, TODO TIPO DE CORRUPÇÃO ERA PRATICADO, TAXAS PESADAS, VENDA DE CARGOS DA IGREJA E A CRIAÇÃO DE NOVOS CARGOS, A IMORALIDADE ERA TÃO GRANDE QUE PARA PROTEGER AS FAMÍLIAS, OS CIDADÃOS INSISTIAM PARA QUE OS PADRES TIVESSEM CONCUBINAS.

JOÃO XXIII (1410 – 1455)

CHAMADO POR ALGUNS O MAIS DEPRAVADO CRIMINOSO QUE JÁ SE SENTOU NO TRONO PAPAL: RÉU DE QUASE TODOS OS CRIMES, QUANDO ERA CARDEAL EM BOLONHA, 200 FREIRAS E SENHORAS CASADAS CAIRAM VÍTIMAS DE SEUS GALANTEIOS. COMO PAPA VIOLOU FREIRAS E DONZELAS, VIVEU EM ADULTÉRIO COM A SUA CUNHAAS, FOI RÉU DE SODOMIA E OUTROS VÍCIOS INOMINÁVEIS, COMPROU O CARGO PONTIFÍCIO, VENDEU CARDINALATOS À FILHOS DE FAMÍLIAS RICAS. NEGOU ABERTAMENTE A VIDA FUTURA.

NICOLAU I ( 1447 – 1455)

DEU PERMISSÃO PARA O REI DE PORTUGAL A GUERREAR CONTRA OS POVOS AFRICANOS E ESCRAVIZÁ-LOS, ALÉM DE TOMAR AS SUAS PROPRIEDADES.

PIO II ( 1458 – 1464)
INCITOU OS JOVENS A SEDUZIR AS MULHERES SEXUALMENTE E ELE MESMO ENSINAVA OS MÉTODOS, VISTO QUE ERA PERITO NESTE ASSUNTO E TINHA MUITOS FILHOS ILEGÍTIMOS.

PAULO II ( 1464 – 1471)

SUA MORADA ERA CHEIA DE CONCUBINAS

XISTO IV ( 1471 –1484 )

IMOBILIZOU A AÇÃO DA INQUISIÇÃO NA ESPANHA E PREGAVA QUE O DINHEIRO DADO A IGREJA ERAM MÉTODOS DE LIVRAR AS ALMAS DO PURGATÓRIO.

INOCÊNCIO VIII ( 1484 – 1492)

ESTE DECRETOU A ORDEM DE ASSASSINAR TODOS OS VALDENSES, PERMITIU TOURADAS NA PRAÇA DE SÃO PEDRO, CRIOU NOVOS CARGOS E VENDEU-OS POR QUANTIAS FABULOSAS ALÉM DE TER 16 FILHOS DE MULHERES CASADAS.

ALEXANDRE VI ( 1492-1503)

ESTE NÃO ENTROU NA HISTÓRIA COMO O “santo padre”, MAS COMO O MAIS CORRUPTO PAPA DA RENASCENÇA. VIVIA EM CONSTANTES PROMISCUIDADES SEXUAIS. UMA DE SUAS AMANTES ERA CASADA, MAS ELE CONSOLAVA O MARIDÃO COM PRESENTES. JUNTO COM OS SEUS FILHOS ILEGÍTIMOS ASSASSINOU OS CARDEAIS QUE SE LHE OPUNHA. CHEGOU AO PAPADO PORQUE COMPROU ESTE CARGO.

JULIO II ( 1503 – 1513)

FOI NA SUA ÉPOCA QUE LUTERO VISITOU ROMA E SE ESCANDALIZOU COM O PROCEDER DO PAPA. VENDIA INDULGÊNCIAS, COMANDAVA DIRETAMENTE UM PODEROSO EXÉRCITO E QUANDO AINDA ERA CARDEAL RIDICULARIZOU O CELIBATO.

LEÃO X ( 1513 A 1521)

COM 8 ANOS ERA ARCEBISPO, COM 13 ANOS ERA CARDEAL. MUITAS CRIANÇAS DE 7 ANOS FORAM POR ELE NOMEADA À CARDEAL, NÃO SE IMPORTAVA COM A VIDA ESPIRITUAL DA IGREJA, ESTAVA SEMPRE ENVOLVIDO EM TRAPAÇAS PARA OBTER PODER SECULAR. TAXOU O PREÇO DAS INDULGÊNCIAS, CONFIRMOU A OBRA DE SEUS ANTEPASSADOS QUEIMANDO OS HEREGES.

PAULO III ( 1534 – 1549 )
ERA PAI DE MUITOS FILHOS ILEGÍTIMOS, CHEGOU A OFERECER UM EXÉRCITO PARA CARLOS V PARA LIQUIDAR COM OS PROTESTANTES.

PAULO IV ( 1555 – 1559 )

ESTABELECEU DEFINITIVAMENTE A INQUISIÇÃO.

GREGÓRIO XIII ( 1572-1585)

COMEMOROU O MASSACRE EM QUE MILHARES DE PROTESTANTES MORRERAM NA FOGUEIRA CELEBRANDO UMA MISSA DE AÇÃO DE GRAÇA ALÉM DE INCITAR FILIPE II PARA GUERREAR CONTRA A INGLATERA.

CLEMENTE XI ( 1700 A 1721 )

EXPEDIU BULA CONTRA A LEITURA LIVRE DA BÍBLIA

PIO VII ( 1800 – 1823)

EXPEDIU UMA BULA EM QUE “condenava as sociedades bíblicas como instrumentos do diabo”.

LEÃO XII ( 1823 – 1829 )

DECLAROU QUE “ TODO AQUELE QUE SE SEPARA DA IGREJA CATÓLICA ROMANA, AINDA QUE SUA VIDA SEJA IRREPRENSÍVEL SOB OUTROS ASPECTOS, SÓ POR ESTA ÚNICA OFENSA NÃO TEM PARTE NA VIDA ETERNA.” ALÉM DESTA BLASFÊMIA, LEÃO XII CONDENOU AS TRADUÇÕES DA BÍBLIA, AS SOCIEDADE BÍBLICAS, A LIBERDADE E A TOLERÂNCIA RELIGIOSA.

PIO VIII ( 1829 – 1830 )

DENUNCIOU CONTRA A LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA.

PIO IX ( 1846 – 1878 )

DECRETOU A DOUTRINA DA INFABILIDADE PAPAL QUE ENSINA QUE O PAPA NÃO PODE ERRAR QUANDO SE TRATA DE ASSUNTOS DE FÉ E MORAL, PEDIU AOS CATÓLICOS QUE OBEDECESSEM AO CHEFE CATÓLICO, ANTES QUE AS AUTORIDADES CIVIS. FOI FAVORÁVEL A VIOLÊNCIA E A FORÇA PARA DETER OS ENSINOS NÃO-CATÓLICOS, ALÉM DE TOMAR UMA POSTURA CONTRA A LIBERDADE EM QUASE TODOS OS SENTIDOS ( PAPALVRA, IMPRENSA, CULTO, CONSCIÊNCIA E ETC…)

LEÃO XIII ( 1878 A 1903 )

DECLAROU QUE NA TERRA OCUPAVA O LUGAR DE DEUS TODO-PODEROSO. E ACUSO PROTESTANTES DE SEREM INIMIGOS DO NOME CRISTÃO.

PIO X ( 1903 – 1914)

ACUSOU OS LÍDERES DE REFORMA DE “serem inimigos da cruz de Cristo.”

AQUI EXPOMOS A VIDA DE MUITOS PAPAS QUE FORAM INESCRUPULOSOS E QUE POR IGNORANCIA MUITOS CATÓLICOS CHAMAM ESTAS PESSOAS DE “SANTOS”, E REPRESENTANTES DE DEUS E “SANTO PADRE”, “SUBSTITUTO DOS APÓSTOLOS”, TÍTULOS ESTES QUE NÃO PODE SER DADO A HOMENS SUJOS COMO FORAM TANTOS PAPAS

SABEMOS QUE MUITOS PASTORES EVANGÉLICOS TAMBÉM SÃO LOBOS QUE APENAS EXPLORAM AS OVELHAS, A DIFERENÇA É QUE NÓS NÃO MISTIFICAMOS E CERCAMOS DE LENDAS E ESTORINHAS COMO O CATOLICISMO FAZ COM OS PAPAS. OS LÍDERES CRISTÃOS SÃO HOMENS SUJEITOS AOS MESMOS PECADOS QUE QUALQUER UM, O PAPA NÃO TEM NADA DE DIVINO OU SUPERIOR, ALIAS, COMO VIMOS, MUITOS FORAM SEMELHANTES A PIOR ESCÓRIA PRODUZIDA PELA HUMANIDADE

Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: